Auxílio Brasil: 18,05 milhões recebem R$ 400 a partir de segunda

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
auxilio-emergencial-2

A Caixa Econômica Federal começa a pagar, nesta segunda (14), o Auxílio Brasil de R$ 400 para 18,05 milhões de famílias em todo o país. Em fevereiro, houve a inclusão de 556,54 mil famílias na lista, segundo o Ministério da Cidadania. Em janeiro, eram 17,5 milhões.

A liberação do dinheiro segue um calendário próprio, conforme o final do NIS (Número de Identificação Social). Na segunda, receberá o benefício que tem NIS com final 1. O pagamento vai até 25 de fevereiro, para o beneficiário com NIS final zero.

Segundo a Cidadania, todos irão receber o benefício extraordinário de, no mínimo, R$ 400, conforme decreto do presidente Jair Bolsonaro (PL), que garante o valor mínimo até dezembro de 2022. Serão pagos mais de R$ 7,3 bilhões. Em janeiro, o total liberado somou R$ 7,1 milhões e o valor médio do benefício foi de R$ 407,54.

A partir desta segunda, será liberada a consulta ao valor exato para cada família. Ela poderá ser feita por meio do aplicativo Caixa Tem, no telefone 111 da Caixa Econômica Federal e pelo aplicativo do Auxílio Brasil.

Também será possível checar os valores pelo aplicativo Meu CadÚnico e na central de relacionamento da Cidadania, nos telefones 121 ou 0800-7072003.

Para fazer a consulta por telefone, o beneficiário deve ligar para o número 111. Neste caso, após a gravação, o é preciso digitar a opção 1. Depois, o usuário escolhe 1 novamente, caso queira informações por meio do número do CPF. Escolha a opção 2 se a consulta for feita com o número do NIS.

Pelo Caixa Tem, é possível ver saldo e extrato da conta-poupança digital ao baixar ou atualizar o aplicativo. No aplicativo, o beneficiário deve clicar em “Entrar”. Haverá uma fila de espera virtual e, após chegar a vez, há dez minutos para usar o Caixa Tem. À esquerda, acima, em “Mostrar saldo”, será possível ver o valor. Para saber mais detalhes sobre a conta, o usuário deve ir na opção “Extrato”, a terceira de cima para baixo.

No aplicativo do Auxílio Brasil, a consulta é feita em “Acessar”, com o número do CPF do responsável pela unidade familiar. O beneficiário deve informar os dados solicitados e seguir as orientações para ver o valor.

O pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal. O dinheiro é liberado conforme o calendário mensal do programa, por meio do Caixa Tem e de saque com o cartão do Auxílio Brasil. A retirada pode ser feita nos caixas eletrônicos, nas agências da Caixa e nas lotéricas.

O saque dos valores é feito com o cartão do programa. Os novos beneficiários devem receber, no endereço informado no CadÚnico (Cadastro Único), o cartão de saque. No entanto, pelo Caixa Tem, é possível fazer saques, transferências, pagamentos de valores e compras pelo celular.

Segundo o Ministério da Cidadania, com a inclusão de 556 mil novos beneficiários no Auxílio Brasil, a fila para o benefício está zerada. No entanto, mês a mês é realizada a inclusão ou exclusão no programa, conforme pente-fino da Cidadania e a inclusão dos cidadãos no CadÚnico.

Para fazer parte do programa, a família deve ter os dados atualizados no CadÚnico nos últimos 24 meses. As informações devem ser as mesmas que constam em outras bases de dados do governo federal. Além disso, é preciso atender aos critérios de renda. São beneficiadas famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Neste último caso, é preciso ter em sua composição grávidas, mães que amamentem, crianças, adolescentes ou jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda familiar mensal por pessoa da família de até R$ 105. As consideradas pobres são aquelas com renda familiar per capita que vai de R$ 101 a R$ 200. Ao entrar no programa, os beneficiários recebem, pelos Correios, duas cartas da Caixa, uma com orientações gerais sobre o Auxílio Brasil e a segunda com o cartão para movimentação bancária.

*

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO AUXÍLIO BRASIL EM FEVEREIRO

> Final do NIS – Dia e mês do pagamento

1 – 14/02

2 – 15/02

3 – 16/02

4 – 17/02

5 – 18/02

6 – 21/02

7 – 22/02

8 – 23/02

9 – 24/02

0 – 25/02

 

Deixe seu comentário