Moradores do BTN III denunciam construção ilegal de quebra-molas

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
4c205cc0-7609-43c7-9ff6-e5eb51fb87fe

Moradores da Rua Revelação, que dá acesso ao Condomínio Josefino Teixeira, no BTN III, em Paulo Afonso, estão denunciando a construção ilegal de um quebra-molas ( redutor  velocidade ou lombadas), no qual vem trazendo vários transtornos nesta via pública.

“Isso é um absurdo, os carros e motos não conseguem passar direito, está todo irregular,  a rapaz passou em uma moto aqui de noite , quase que cai, não foi a prefeitura que fez, foi um morador desta rua aí,   por livre e espontânea vontade”, disse uma internauta ao site Manoel Alves. Moradores deste condomínio também participaram do Jornal Primeira Hora, da RBN FM e falaram sobre a construção do redutor de velocidade.

De acordo com informações da Administração do BTN, que já tem conhecimento do caso, irá desfazer a obra irregular.

A construção de quebra-molas ou lombadas sem autorização do poder público, ou quaisquer formas de ondulações transversais é terminantemente proibida pela Lei Federal nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 o Código de Trânsito Brasileiro – CTB, nos termos de seu parágrafo único do artigo 94, que determina:

“É proibida a utilização das ondulações transversais e de sonorizadores como redutores de velocidade, salvo em casos especiais definidos pelo órgão ou entidade competente, nos padrões e critérios estabelecidos pelo CONTRAN”.

Em algumas cidades do interior, é comum ver pessoas que se reúnem em prol de realizar um serviço de infraestrutura, lazer ou quaisquer outros de interesse pré-definido. É dever da prefeitura garantir que os limites de velocidade e da boa educação no trânsito sejam seguidas, ocorre que, os moradores não observam isso, alertando para riscos de acidentes.

Deixe seu comentário