Prefeito sanciona projeto de lei que institui Semana da Capoeira em Paulo Afonso de autoria do Vereador Keko do Benone

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
3750d6b2-2f45-4587-a388-b0a8c7cd8fdf

O prefeito Luiz de Deus sancionou a Lei Ordinária nº 1.483 que inclui no Calendário Oficial de Eventos de Paulo Afonso, a Semana da Capoeira, de autoria do Vereador Keko do Benone. A efetivação das festividades foi publicada no Diário Oficial do Município de Paulo Afonso, no dia 30 de agosto.

De acordo com o documento que institui a Lei, a comemoração da Semana da Capoeira será realizada anualmente, e terá como data base o dia 18 a 24 de novembro. A comemoração tem como objetivo conscientizar a população, acerca da importância da capoeira no cenário nacional e municipal.

Com esta celebração, o poder público, através das secretarias de Educação e Cultura e Esporte, poderá, em conjunto com os capoeiristas do município, realizar anualmente, apresentações culturais, seminários, aulas, palestras, oficinas, jogos desportivos, rodas de capoeira, concursos, entre outros.

Além dos eventos, a lei também tem como objetivo a realização de pesquisas com a finalidade de mobilização, conscientização e propagação da capoeira, no intuito de promover a prática, pesquisa e incentivo da capoeira enquanto atividade educativa, cultural e de esporte.

Segundo o Vereador Keko do Benone “É um prazer atender a pedidos dos amigos capoeiristas. A capoeira tem elementos educacionais que são construídos através da cultura popular. Fico feliz com essa conquista, a lei é um pontapé inicial para que essa arte continue se desenvolvendo. A capoeira contribui através da música, história e relacionamento interpessoal, onde interagem crianças e adultos. É preciso cada vez mais que a capoeira chegue nas escolas, pois é uma manifestação que nasce dentro do povo, nas comunidades. Entendo que a inclusão da Semana da Capoeira nos eventos oficiais do município tende a fortalecer cada vez mais esse segmento cultural no nosso Município de Paulo Afonso”.

Com Informações da Assessoria Parlamentar 

Deixe seu comentário