Capoeirista brasileiro morre após ser atacado por grupo em Londres

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
capoerista

Um capoeirista brasileiro que vivia em Londres foi atacado por um grupo de homens no sábado (25), não resistiu à agressão e morreu nesta terça-feira (28).

Segundo testemunhas, Iderval Silva, 46, foi espancado ao se aproximar de um grupo que aparentemente tentava furtar sua moto. Ele dava aulas de capoeira e, para complementar a renda, havia começado a fazer entregas de comida pelo aplicativo Uber.

Em nota, a Polícia Metropolitana de Londres afirmou que o grupo fugiu do local antes de a polícia chegar, às 16h32 daquele sábado. A moto não foi roubada. Um jovem de 16 anos suspeito de ser um dos agressores foi apreendido próximo ao local.

A vítima, conhecida na capoeira como contramestre Bugrão, foi levada para o hospital após a agressão. Ele deixa um filho de 24 anos, que mora em Portugal e que viajou a Londres após o ataque.
Natural de Presidente Prudente, interior de São Paulo, Iderval é descrito por amigos como uma pessoa pacífica e tranquila, que gostava de ensinar capoeira e era querido pelos alunos.

Deixe seu comentário