Em sessão ordinária na Câmara de Glória APLB cobra reajuste de 33, 24% de reajuste para os professores

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
41269909-9769-48c0-be79-a239e8c8eadc

Em sessão ordinária realizada na manhã desta terça-feira (22), na Câmara de Vereadores, a APLB Sindicato da cidade de Glória, por meio de seus representantes, o professor Celito e a professora Esmeralda Patriota, estiveram discutindo o reajuste proposto pela categoria de 33,24% para os professores da rede pública municipal.

Para Esmeralda a Lei deve ser cumprida, porém no campo da democracia, o projeto pode ser discutido. A preocupação da representante está no orçamento de 4 milhões do município que é destinado para a Educação, porém, os vereadores do Governo David Cavalcante, defendem que este não é o momento ideal para o reajuste da categoria, já que o recurso não é o suficiente para o repasse. Segundo a APLB, até o momento ainda não se foi discutido o projeto de reajuste junto com o chefe do Executivo em quase dois anos.

O vereador Carlinhos do Brejo destacou em sua entrevista ao radialista Manoel Alves, que  já esteve conversando  com o prefeito, e que segundo o gestor, o seu gabinete está de portas  abertas para dialogar com a classe dos professores. “O prefeito me garantiu que vai ver a melhor forma de dar este reajuste, ou seja, dentro desta proposta, mesmo que não se chegue o reajuste de 33%, o prefeito pode garantir uma contra proposta de 20 ou até 15%. Tem que ser um acordo que seja bom para todos, estamos falando de Educação, é claro que esta classe merece uma melhor valorização salarial.

Ouça no áudio abaixo a fala do vereador Carlinhos do Brejo.

Deixe seu comentário