Acidente envolvendo dois carros e um caminhão baú deixa três mortos em Salgueiro, no sertão de Pernambuco

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
1_whatsapp_image_2021_09_26_at_15_15_49-19207921

Nas primeiras horas da manhã deste domingo, 26, foi registrado um grave acidente com vítimas fatais nas proximidades da Serra do Boi Morto, na BR-116, em Salgueiro. No local morreram três pessoas, entre as quais o salgueirense Francisco de Agenor, do Sítio Canoa.

Segundo informações, Francisco viajava para a feira de animais de Serra Talhada numa F-4000 quando colidiu com um caminhão baú, que foi atingido por um veículo de passeio que vinha logo atrás. Um homem e uma mulher que estavam no baú também morreram e uma pessoa ocupante do outro veículo foi socorrida.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal e do Corpo de Bombeiros foram ao local e isolaram a área do acidente. O salgueirense ficou preso às ferragens da caminhonete e foi retirado pelos bombeiros com o auxílio de equipamentos.

Notícia relacionada
Mulher que morreu em baú envolvido em acidente na BR-116 é de Afogados da Ingazeira

Foi identificada mais uma vítima do trágico acidente registrado na manhã de hoje na altura da Serra do Boi Morto, na BR-116, em Salgueiro. Trata-se de Antônia Aldeane, que residia no bairro São Francisco, em Afogados da Ingazeira. Ela estava no caminhão baú, acompanhada do namorado que conduzia o veículo.

De acordo com o Blog de Nill Jr, familiares disseram que Aldeane havia conhecido o homem pelas redes sociais e decidiu viajar com ele nesse fim de semana. O corpo dela vai ser velado na casa dos pais, na Rua Cirene de Lima Alves, no bairro São Braz, em Afogados da Ingazeira.

No acidente também morreram outras duas pessoas. O salgueirense Francisco de Agenor, morador do Sítio Canoa, condutor da F-4000 que bateu no baú, e o namorado da afogadense, cuja identidade ainda não chegou ao nosso conhecimento. Uma quarta pessoa, que dirigia outro carro envolvido no acidente, foi socorrida.

Por redação do Blog Alvinho Patriota e Assis Ramalho

Deixe seu comentário