Paulo Afonso: Escolas da rede municipal retornam às aulas cumprindo protocolos

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
thumbnail_AULAS 01

Após mais de um ano de atividades remotas devido à pandemia, os alunos de quatro escolas da rede municipal de ensino voltaram às aulas semipresenciais nesta segunda-feira (13). As primeiras unidades escolares a retornarem as atividades foram Vinícius de Moraes, Reunidas, São Vicente de Paulo e Casa da Criança 01.

Neste primeiro dia de aula, as escolas registraram o cumprimento dos protocolos dentro da expectativa, com alunos e profissionais atentos aos cuidados. “Hoje iniciamos nossas atividades cumprindo as recomendações do protocolo para que todos estejam protegidos. Sentimos que estão todos bem conscientes com o que devem fazer e esse espírito coletivo é muito importante porque dessa forma protegem a todos”, diz a diretora da Vinícius de Morares, Solange.

De acordo com a Secretaria de Educação, o retorno acontece de forma gradativa e nesta primeira semana, estarão apenas os alunos do Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano. “A rede municipal de ensino, assim como as outras redes – estadual, particular e federal estão implementando o retorno às aulas presenciais, o que chamamos de aulas semipresenciais, pois parte dos alunos permanecem em casa e outra parte vai a escola e assim eles se alternam por meio de um rodízio semanal. Hoje quatro escolas retornaram suas atividades e amanhã outras escolas estarão retornado. Esta sendo feito com muito cuidado, com a preocupação de oferecer segurança tanto pra os alunos, como também para os profissionais da educação”, explica o subsecretário de Educação, Pedro Gomes.

Ainda segundo Pedro, a reabertura das escolas seguiu todos os protocolos de segurança estabelecidos, como aferição de temperatura, o uso obrigatório de máscara e o distanciamento entre as mesas e cadeiras, preservando a saúde dos alunos e dos profissionais da educação “A Seduc tem se empenhado e reafirma o seu compromisso com o ensino e aprendizagem dos alunos neste tempo em que precisamos ter outros olhares e trilhar novos caminhos, e para isso tem se preocupado em adequar as escolas, em fornecer os equipamentos de proteção, tanto individual e coletivo para que assim possamos oferecer o melhor atendimento aos nossos alunos e profissionais”.

Com Informações da ASCOM

Deixe seu comentário