Paulo Afonso-BA, 12 de maio de 2021 – 05:34

Diretor do Núcleo Territorial de Educação de Paulo Afonso concede entrevista a RBN FM

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
6dd8d742-4675-44aa-8d78-d3a37ec6a8a1

O diretor do Núcleo Territorial de Educação de Paulo Afonso, Marcos  Antônio (Marquinhos) esteve concedendo entrevista a Rádio Bahia Nordeste, na tarde desta quinta-feira (29), no qual esteve abordando vários assuntos de grande importância para pais e alunos de rede de educação do estado da Bahia.

Educar para Trabalhar

Marquinhos começou a entrevista informando aos alunos do estado que o governador Rui Costa lançou o Programa Educar Para Trabalhar – Programa de Qualificação Profissional, como parte do pacote de ações voltadas aos estudantes da rede estadual de ensino, no âmbito do programa Estado Solidário. Com o programa Educar Para Trabalhar, o governo da Bahia ofertará 200 mil novas vagas para 44 cursos gratuitos de qualificação profissional à distância, em 2021, na rede estadual de ensino.

Os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) atenderão estudantes já matriculados que fazem cursos técnicos ou o Ensino Médio (1°, 2° e 3° e 4º ano) e beneficiarão, também, egressos da rede estadual. O objetivo é promover a qualificação dos estudantes para o mundo do trabalho e elevar a escolaridade.

As vagas serão oferecidas  nos 27 Territórios de Identidade da Bahia, alcançando os 417 municípios. Os cursos serão nos eixos tecnológicos de Meio ambiente e Saúde; Controle e Processos Industriais; Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Infraestrutura; Produção Alimentícia; Produção Cultural e Designer; Produção Industrial; Recursos Naturais; e Turismo, Hospitalidade e Lazer.

“Bolsa Presença”

Já sobre o programa Bolsa Presença, o diretor do NTE, esteve orientando os alunos sobre o recebimento do benefício que já foi depositado em conta nesta terça-feira (27), o benefício que concede R$ 150 mensais a famílias que se enquadram em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Cada beneficiário possui um cartão específico para utilização. O valor poderá ser utilizado para a aquisição de gêneros alimentícios, artigos de limpeza e compras em farmácias ou para outra destinação de interesse da família, como material escolar, por exemplo.

Vacinação aos profissionais da educação

“Dentro do Plano de Imunização, que é estabelecido com o Estado, a vacinação deve ocorrer dentro de 15 dias ou um pouco mais que isso. Já enviamos a lista com os nomes e agora aguardamos”, explicou Marquinhos.

Retorno das aulas presenciais

“ As aulas presenciais do estado só será possível após todo o processo de vacinação de professores, bem como todos os profissionais da educação   e alunos, ser concluído. Esta é um exigência da nossa categoria, não podemos colocar a vida do aluno e do professor em risco. A Secretaria de Educação ao longo da pandemia não parou de forma alguma em ofertar as aulas, o aluno pode acompanhar todo o conteúdo de forma remota e por material impresso.  Quando tudo estiver dentro da normalidade, iremos voltar com as aulas presenciais, destacou o diretor no NTE.

Com Informações da RBN FM 

Leave a Reply