Paulo Afonso-BA, 12 de maio de 2021 – 06:05

Bombástico, Roberto Jefferson afirma que narcotráfico manda no STF e que PDT está usando dinheiro da China (veja o vídeo)

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
STF

Sem medo de desmascarar o sistema, e falar a verdade, doa a quem doer, Roberto Jefferson foi um dos destaques da segunda edição da Super Live TV JCO.

Profundo conhecedor das entranhas do poder, ele abordou diversos assuntos, como a volta do Lula e as ações de alguns ministros do STF.

Através das redes sociais, Roberto Jefferson afirmou que o Supremo elevou Lula a uma espécie de Maluf, que era conhecido como “rouba, mas faz”.

“No caso de Lula, ainda fará mais e continuará roubando. O Supremo hoje é o Instituto Lula. Lá é a casa do Lula. É um Supremo de esquerda, anticristão, anticonservador, contra o presidente da República. É um partido político com poderes judiciais, o que é muito ruim. Porque quando é um partido político, você enfrenta politicamente.

O Supremo tem aquela capa, aquela áurea de um poder judiciário e hoje é um partido político, de esquerda, totalitário. E age no Brasil como a Corte da Venezuela agia. Você veja, que quem colocou o Maduro na cadeira como presidente definitivamente, ditador, comunista e opressor, foi a Suprema Corte, financiada pelo narcotráfico internacional. Tal lá, como cá”, ressaltou.

O presidente do PTB relembrou algumas decisões do STF envolvendo narcotraficantes:

“No Supremo Tribunal hoje manda o narcotráfico. Você vê, o estado investe quase R$ 4 milhões, R$ 3 milhões na captura do André do Rap e, em uma semana, o Supremo soltou. Na semana seguinte, entra preso outro cara do PCC, com 180 quilos de cocaína pura e pó e o ministro do Supremo soltou, dizendo que ele tem bons antecedentes.

E, ano passado, em setembro, o mesmo Supremo soltou o segundo homem do PCC em São Paulo, dizendo que ele poderia contrair coronavírus na prisão. É a narco-corte da Venezuela com influência direta no Brasil. Porque é muito mais fácil você comprar 11 ministros através do narcotráfico do que pagar 600 parlamentares. Tem mensalão do narcotráfico agora. Isso viria à baila lá no Supremo, porém, a coisa é mais no monopólio, mais escondidinho”, ressaltou.

Veja o vídeo

Com Informações do Jornal da Cidade

Leave a Reply