Jeremoabo: Em 2016 a “indeferida” foi Anabel de Tista; ganhou e não levou

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
anabel-de-tista-ou7i0b219ys5mdqewrsc6ij3lww5dpiax23gxt2ozs

O tempo passa muito rápido. Tão veloz que a militância em torno da candidata Anabel de Tista (PSD), parece ter esquecido o quiproquó que foi seu indeferimento pela Justiça Eleitoral que aplicou o art. 14, §§5º e 7º da Constituição Federal, a considerando inelegível por ser cônjuge do ex-prefeito Tista.

O resultado foi que ex-prefeita ganhou e quem assumiu a gestão foi Antônio Chaves, presidente da Câmara, até a realização das eleições suplementares vencidas por Deri do Paloma (Progressitas). A manobra causou grande prejuízo à Justiça Eleitoral que, agora aciona a candidata a pagar.

Daí por que os militantes de Anabel, sabem que não podem falar muito, nem alto de mais dos outros, porque vai ter sempre alguém para lembrar o famoso ditado: “macaco não olha o próprio rabo”.

Deixe uma resposta