Santa Brígida: motoristas de van protestam contra concorrência da Atlântico, “É um preço injusto”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
72a146fa-5157-486a-9fe3-af53cf0bc233

Hoje pela manhã, motoristas das vans que fazem a linha para Santa Brígida protestaram no centro de Paulo Afonso, porque consideram desleal e “injusto” o preço cobrado pela empresa Atlântico, que também faz a mesma linha.

Os topiqueiros, cerca de 15 pessoas, disseram que a empresa passou 5 meses parada em razão da Covid-19, e agora voltou cobrando o valor de 3 reais pela passagem. As vans cobram 8 reais.

“Eles (Atlântico) colocam um ônibus com um preço desleal, uma passagem de 3 reais, com uma distância de 60 quilômetros daqui para lá, como a gente vai colocar combustível?, trocar pneu e pagar as contas?, não tem como”, disse um dos topiqueiros à RBN.

O motorista também reclamou que os ônibus colocados pela Atlântico não têm condições de rodar em rodovia, porque são inadequados.

“Um ônibus circular, não tem cinto de segurança, cadeiras duras, não tem cortina, eles fazem isso porque dizem que ganharam a concessão, mas deveria ser um ônibus rodoviário, e não assim, por isso estamos aqui protestando”, completou o motorista afirmando que o preço de 8 reais já é cobrado por eles há muitos anos.

“Nós vamos procurar um advogado e vai ter que ter uma solução”.

O mesmo motorista negou que eles estejam proibindo os ônibos da Atlântico de rodar, avisou que as vans, enquanto durar a querela, vão ficar sem funcionar.

Deixe uma resposta