Delegado Eduardo Henrique destaca ações da Polícia Civil em Paulo Afonso-BA

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
IMG_20200408_224818

O delegado titular da 18ª CORPIN de Paulo Afonso-BA, Eduardo Henrique, esteve conversando com o site Manoel Alves, na tarde desta terça-feira (07), destacando diversas ações da Polícia Civil.

Aumento do número de roubos de motos

Um dos assuntos indagados pela nossa reportagem, foi a respeito do aumento do número de crimes de roubos de motos na cidade, para sabermos, de que forma o SI (Serviço de Investigação), vem trabalhando no sentido de localizar os autores destes delitos.

” Realmente este número de crimes tem tido um aumento significativo, no qual alimenta um comércio de venda de peças de moto, contrabando, etc. Já estamos investigando o caso, onde já encontramos o possível desmanche de motos na prainha, onde foi localizado várias pessas de motos. Isso foi possível com o apoio da Polícia Militar, no qual aqui eu quero exaltar o trabalho deste guerreiros. E vamos continuar trabalhando no sentido de prender quem está praticando estes crimes”, disse o delegado.

Recuperação de aparelhos celulares roubados

O titular da delegacia de Paulo Afonso, disse que a polícia chegou até os altores destes roubos na cidade, após a colaboração da população por meio de  disk denúncias, que contribuiu na localização dos meliantes.

” É de extrema importância a colaboração da população, em denúncias anônima, no qual ajuda a polícia chegar de uma forma mais rápida a prender estes algozes. Temos aqui o telefone da Polícia Civil onde o cidadão pode denunciar: 75 99198-5594. A polícia garante o anonimato, então você como cidadão de bem, pode contribuir e muito”.

Homicídio do vulgo Tôca no Bairro dos Rodoviários

O delegado falou de uma forma mais detalhada de como ocorreu o crime que matou  Urilian Pereira dos Santos Barros, vulgo “Tôca”, 27 anos, ocorrido na noite da segunda-feira (06).

“Estive no local ontem após o crime, e nas informações que foram colhidas, já estamos montando uma linha de investigação da morte de Urilian Pereira. Sabemos que um homem ainda investigado, desceu de um veículo, chamou a vítima e efetuou o disparo com uma arma de grosso calibre. É claro que temos que guardar um pouco de segilo, mas estamos avançando e na hora certa vamos trazer uma resposta deste homicídio”, concluiu Dr Eduardo Henrique.

 

 

Deixe uma resposta