Polícia conclui inquérito da morte de jovem morador da Barragem Leste

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
CVVVV

O Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca confirmou, nesta quinta-feira (16), que o jovem Carlos André, conhecido como “Carlinhos”, de 27 anos de idade, morreu vítima de disparo de arma de fogo.

Ele havia desaparecido no dia 7 deste mês, depois que saiu de casa, no povoado Alto Novo, para ir pescar no Rio São Francisco, porém, neste sábado (11), foi encontrado morto em uma chácara, no povoado Porto da Barra, em Delmiro Gouveia.

Na ocasião, a primeira suspeita era de que “Carlinhos” tinha sido vítima de uma descarga elétrica, porém, com a confirmação do IML, o caso passará a ser investigado pela Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) como homicídio.

Durante entrevista ao programa jornalístico Tribuna Popular, da rádio Correio FM, nesta quinta-feira, o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti informou que, no momento em que foi encontrado, o rapaz estava com trajes utilizados na pesca de arpão.

“Ao chegarmos no local, encontramos o corpo em avançado estado de putrefação. De início, o procedimento registrado foi para afogamento, mas, agora com a confirmação de que o corpo estava com marca de tiro na região da nuca, iremos realizar a investigação para capturar o autor ou autores deste crime”, disse o delegado regional na rádio.

Deixe seu comentário