‘Demissões serão inevitáveis’, dizem interlocutores do prefeito David Cavalcanti

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
índice

GLÓRIA-BA- O prefeito David Cavalcanti (PP) viajou a Brasília nesta segunda-feira 05, e de lá espera-se traga uma notícia boa. Contudo, interlocutores dele já adiantam nos bastidores que a crise aguda pela qual passa o município, com quedas gradativas e acentuadas na receita obrigarão o prefeito a demitir; ainda segundo as fontes, em setores estratégicos como o transporte passarão pela faca.

Na oposição, o vereador Valério José (PT) criticou as últimas demissões promovidas por David: “É preciso cortar gastos dos que têm mais, o prefeito fez um corte absurdo, tirou pais de famílias que ganhavam um salário mínimo, eu espero que o prefeito tenha coragem e corte na própria carne tirando várias pessoas que estão lá ganhando sem trabalhar nos departamentos da prefeitura.”

O governista Beto (PP) também afirmou, mais cedo na RBN, que a prefeitura encontra sérias dificuldades em fazer pagamentos e que estaria com déficit de 2 milhões de reais “o município perde receita quase todo mês, só mês passado foi 18 mil reais na saúde; nós nos reunimos com o prefeito e eu espero que ele corte os grandes e não os pequenos, isso eu abordei com ele ‘deixe os contratos grandes e pare secretarias até janeiro.”

Resta esperar a volta do prefeito para saber qual será a opção menos dolorosa para a gestão que não venha a sacrificar mais o povo.

 

Por Ivone Lima (produção Manoel Alves) foto de capa: Facebook de David Cavalcanti.

Deixe seu comentário