‘A Embasa massacra o povo de Paulo Afonso’, diz José Carlos reclamando a ausência do governo

Postado por:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
DSCF0053

Moradores do centro de Paulo Afonso experimentaram o desconforto de ficar um dia com o abastecimento de água suspenso, neste domingo 28, em um dos dias mais quentes do ano. Imaginem que essa é a rotina de um complexo de bairros que abriga mais 50 mil pessoas, e cuja chegada da água é incerta, pode ser à tarde, de madrugada ou simplesmente não vir, ficar dias sem água.

Sendo o 2ª vereador a usar a tribuna, na sessão da Câmara Municipal, ocorrida  mais cedo, José Carlos Coelho (PRB), disse que não entende a demora de a prefeitura elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico que não sai do lugar.

“Mais um vez a Embasa está massacrando o povo de Paulo Afonso, eu não sei o por quê desse Plano Municipal de Saneamento Básico não ter chegado à Câmara ainda?, nós precisamos resolver isso; esse fim de semana eu acompanhei algumas famílias e  no cemitério do BTN não tinha uma gota de água para as pessoas fazerem a limpeza, vendo que se aproxima o dia de finados; no centro faltou água e no BTN III são vários dias sem água”, indignou-se o vereador.

Zé Carlos disse ainda que “o povo espera de nós um solução porque nós somos trabalhadores deles e eu quero pedir ao amigo líder do prefeito que nos diga quando isso será resolvido?”

O PMSB chegou a ter um esboço com algumas reuniões, mas passada essa primeira abordagem e com a ida de parte da bancada para a oposição, o prefeito sepultou o assunto e a população não faz ideia de quando será retomada.

Deixe seu comentário